É dia de plantão? Que é é, mas não parece que é. Tá meio confuso. Essas dras. vão aprontar…

A dra. Cibalena chega com uma mala maior que ela e não dá confiança pra ninguém. O que será que tem ali dentro? Será  grana, instrumentos besteirológicos? Sei não, viu? Dra. Kandinha balança uma boneca muito engraçadinha que se chama Filisbina e ela acredita que é um bebê de verdade.

Da entrada do hospital até à pediatria foi um rebuliço. Todos se encantaram com a Filisbina. As mamães, que só tinham pacotinhos homens, queriam a bebezinha da doutora. As enfermeiras também se encantaram.

Vixi! Esse hospital nunca mais será o mesmo. Era a mala da Cibalena, a filhinha da Kandinha, as danças da Kaduca, as bolinhas de sabão, as musiquinhas para acalentar as crianças…

Amor dado, amor recebido!

Gargalhadas, abraços coletivos, muito amor envolvido. E lá se foi mias um gostoso e gratificante plantão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *